The news is by your side.

Janaina quer tentar aproximação de Stopa e Mendes

A deputada estadual Janaina Riva, correligionária do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, no MDB, afirmou na manhã desta quinta-feira (21) que tentará articular uma aproximação do prefeito interino José Roberto Stopa (PV) com o governador Mauro Mendes (DEM).

Mauro e Emanuel são rivais políticos e vivem em ‘pé de guerra’, uma situação que incomoda a classe política em todo o estado, já que os dois ocupam os cargos executivos mais importantes em Mato Grosso. Com a suspensão das atividades de Emanuel, Janaina vê espaço para promover a aproximação do prefeito interino da maior cidade de Mato Grosso com o governador. No entanto, a deputada pede tempo para isso, até porque Emanuel pode voltar ao cargo a qualquer momento.

“Acredito que dê para trabalhar uma aproximação. Talvez não agora, até porque, com certeza, o prefeito já deve ter feito um recurso e até o julgamento acho que é natural que tenha mais cautela. Mas, evidentemente que, ficando mais tempo, o Stopa tem condições, até porque já foi secretário do Mauro Mendes. Existe uma relação anterior e vejo também que ele entra no cenário político, vamos dizer assim, descontaminado” disse a deputada em entrevista à Rádio CBN.

A parlamentar afirmou ainda que espera que Stopa aproveite a oportunidade que tem de assumir a cadeira de prefeito, mesmo que de forma interina. Janaina avalia que o atual prefeito tem uma folha em branco a ser escrita e não possui inimizade política.

“Então, ele tem muitas possibilidades, basta saber se ele vai abraçar essas possibilidades para fazer a diferença enquanto prefeito, mesmo que interino”, acrescentou.

Janaína também afirmou que o afastamento de Emanuel acaba arranhando a imagem do partido. Segundo a deputada, por mais que o prefeito não seja ativo nas reuniões e encontros do MDB, ele é um nome forte no estado e uma das principais lideranças dentro da sigla.

“É uma situação ruim para o partido, porque apesar das divergências que nós temos internas, o Emanuel reforça o nome do partido como prefeito da capital. Então, é natural que para o partido não seja agradável e que não seja algo positivo”, concluiu.

Stopa assumiu o mandato interinamente na quarta (20), após Emanuel ser afastado do cargo em meio à Operação Capistrum, que investiga contratações temporárias na Secretaria de Saúde para acomodar indicações políticas.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação