The news is by your side.

Sumida desde cassação, Justiça tenta encontrar Selma para entregar intimação

Após ser cassada por crime de caixa 2 e abuso de poder econômico, a ex-senadora Selma Arruda (Podemos) sumiu do mapa. Há dois anos, a Justiça tenta encontrar a juíza aposentada para entregar uma intimação, mas não tem conseguido encontrá-la.

A informação é dos advogados de Sebastião Carlos Gomes de Carvalho, autor da ação que exige retratação pública por causa de ofensas, xingamentos e acusações que Selma fez contra ele.

Uma audiência no processo havia sido marcada para quarta-feira (27), mas como a ex-senadora encontra-se “sumida”, a defesa peticionou nos autos informando sobre as dificuldades em localizar Selma Arruda. “Ocorre excelência que a parte ré sra. Selma Rosane Santos Arruda, não foi citada e intimada para comparecer na audiência, em razão da mesma não mais residir no endereço conforme certidão elaborada pelo oficial de justiça”, diz trecho de uma petição juntada nos autos.

No documento, a defesa pede ao magistrado a expedição de ofício para a presidência do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), solicitando no ofício que o setor de Recursos Humanos do Tribunal, informe o atual endereço de Selma Rosane, que é juíza aposentada do TJMT.

A defesa também juntou ao processo uma certidão negativa, assinada por uma servidora do Tribunal de Justiça, confirmando que não foi possível notificar Selma Arruda. “Dirigi-me no endereço ali constante, e lá estando, após várias diligências frustradas, deixei de intimar a parte do polo passivo Selma Rosane Santos Arruda, pois segundo constatei na portaria, a mesma não reside mais no local há tempos, segundo informou o porteiro Celso, que disse não saber para onde a mesma se mudou ou seus atuais números de contato. Assim sendo, devolvo o presente em Cartório de origem”, diz o documento.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação