The news is by your side.

Wellington diz que “boas condições” do PL levaram Bolsonaro ao partido

Senador avalia que bancada do PL deve aumentar na Câmara, no Senado e nas assembleias legislativas

 

O senador Wellington Fagundes (PL) afirmou na noite de segunda-feira (8) que o bom relacionamento do PL com outras siglas foi fundamental na escolha do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na filiação, que está marcada para o próximo dia 22 de novembro.

Wellington também explanou que atualmente o PL é o partido mais organizado e pode oferecer tempo de televisão suficiente para dar suporte a uma candidatura de presidente, além de deter mandatos de governadores e senadores. Na avaliação de Fagundes, o PL será um partido onde Bolsonaro não terá problemas regionais.

 

Em coletiva de imprensa, o senador por Mato Grosso relatou que seu partido tem mantido conversas com o presidente há alguns meses e a filiação não foi uma decisão repentina. Fagundes admitiu que a filiação só será concretizada com a assinatura do ato, mas o próprio Bolsonaro já teria lhe adiantado que é 99% de certeza da filiação.

“Estive agorinha com o presidente, conversamos bastante, ele está muito alegre e convicto da sua posição, porque é uma posição madura, que vem sendo conversado há muito tempo. O PL tem oferecido essas condições de boas relações com outros partidos, inclusive com o PP”, disse Wellington.

 

O relacionamento com o PP é importante porque a sigla deverá indicar o vice de Bolsonaro na chapa que disputará a reeleição.

A filiação de Bolsonaro deve mexer também na composição das Assembleias Legislativas. Wellington detalhou que o PL tem 43 deputados estaduais e quatro senadores atualmente. Com a chegada de Bolsonaro, ele calcula que a sigla ganhará 20 novos filiados, entre eles os deputados federais Nelson Barbudo (PSL) e José Medeiros (Podemos).

A força de Bolsonaro em Mato Grosso também irá interferir na eleição estadual, já que é grande o número de apoiadores do presidente em Mato Grosso.

“É um estado onde o presidente tem uma das maiores forças eleitorais. É um estado extremamente agropecuário e todas as pesquisas demonstram uma força extremamente grande, que ele poderá influenciar decisivamente na eleição, seja para governador, como para senador, deputados federais e estaduais”, declarou.

Estadão MT

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação