The news is by your side.

Dal Molin confirma investimento de R$6,6 milhões para modernizar o aeroporto de Cáceres

Dal Molin confirma investimento de R$ 6,6 milhões para modernização do
aeroporto de Cáceres. O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC) usou as redes sociais para anunciar a abertura do processo licitatório, que prevê investimentos na ordem de R$6.692.193,34 para as obras de reestruturação do aeroporto de Cáceres.

Considerado um dos principais acessos turísticos ao Pantanal, o aeroporto
também exerce papel relevante para fomentar a cadeia produtiva e agroindustrial do estado, entre outros setores.
“Estou longe, mas quero dividir minha alegria e satisfação com toda a sociedade cacerense. Acabo de receber a confirmação de que o governo federal autorizou a licitação para as obras no aeroporto regional de Cáceres”, afirmou o parlamentar que cumpre agenda na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), em Glasgow, na Escócia.

Segundo Dal Molin, o projeto descritivo contempla a construção de um novo terminal de passageiros e a instalação de instrumentos de auxílio à navegação aérea, como balizamento luminoso, farol rotativo, biruta, sistema visual indicador de rampa e de aproximação (PAPAI) e sinalizações horizontais.

“Essa reestruturação possibilitará que o aeroporto opere voos noturnos,
aumentando sua capacidade de atendimento, além de garantir mais segurança aos usuários bem como aos tripulantes das aeronaves”, avalia o deputado ao destacar o comprometimento do governo federal, por meio da Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura (SAC/MInfra), com o processo de expansão de linhas aéreas regionais, nacionais e internacionais.
“Percorremos um longo caminho para chegar até aqui. Em 2017, ainda quando deputado federal, firmei um compromisso com aquela região e hoje estamos colhendo os frutos daquele trabalho”, relembrou.
Naquele mesmo ano, Dal Molin acompanhou a entrega de um caminhão de combate a incêndio (tipo 3) às equipes do Corpo de Bombeiros Militar que atuam no aeroporto do município, localizado na fronteira com a Bolívia. O equipamento é uma das exigências para viabilizar a operação de voos comerciais.

 Preservação ambiental

Com o intuito de reduzir os danos ambientais no Pantanal, bem como assegurar um maior controle do tráfego aéreo na região fronteiriça, Xuxu Dal Molin protocolou em outubro deste ano a Indicação 7117/2021.
Encaminhada ao governador Mauro Mendes (DEM), com cópia ao secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, a propositura reforça a necessidade de implantação da 1ª Base do Pantanal de Combate a Incêndios Florestais e Segurança da Fronteira (Ciopaer/Gefron).

Segundo o autor da proposta, “a base servirá como um ponto de apoio para operações integradas de grupamentos especializados”, entre: o Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), a Polícia Militar de Proteção Ambiental (PMPA), a Delegacia Especializada de Meio Ambiente (DEMA), a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
“O que estamos propondo é que o estado ofereça uma melhor condição de trabalho aos agentes de segurança pública. Pretendemos levar para a região do Pantanal aquilo que fizemos em Sorriso, quando coordenamos a implantação da 1ª Base Aérea de Combate a Incêndios Florestais da Amazônia”, exemplifica Dal Molin.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação