The news is by your side.

Deputado João Batista reivindica linha de crédito para motoristas de aplicativos em MT

A proposta apresentada pelo parlamentar tem a intenção de incentivar a instalação do “Kit GNV” e diminuir os custos na hora do abastecimento.

O deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros), durante a sessão desta última quarta-feira (10), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), apresentou a Indicação nº 7692/2021, na qual mostra a necessidade de disponibilizar uma linha de crédito exclusiva para motoristas de aplicativos de todo o Estado. A proposta, como defendeu o parlamentar na tribuna, foi apresentada com a intenção de que os profissionais autônomos, que utilizam seus veículos para o trabalho, possam implantar o “Kit GNV” (Gás Natural Veicular) em seus automóveis.

De acordo com o parlamentar, o aumento constante dos combustíveis em todo o Brasil, associado com o período pandêmico do Coronavírus, coloca os motoristas de aplicativos em uma situação de risco, lembrando que muitos destes usuários perderam seus empregos formais devido a pandemia, e encontraram nos aplicativos de transporte uma alternativa para driblar a crise.

“As pessoas que utilizam seus veículos como ferramenta de trabalho, estão sendo brutalmente afetadas com a constante alta no preço dos combustíveis. Minha principal intenção é que estes profissionais utilizem esta linha de crédito para que possam realizar as devidas conversões em seus automóveis, passando a utilizar o Gás Natural Veicular como alternativa na hora do abastecimento, gerando uma economia de aproximadamente 43% para os motoristas”, disse João Batista.

Ainda sobre o GNV, o deputado indicou a ampliação dos postos de combustíveis autorizados para o abastecimento, afirmando que a iniciativa atende, principalmente, os trabalhadores dos aplicativos de transportes. “Está sendo amplamente noticiado pela mídia o martírio vivido por estas pessoas na hora de tentar abastecer, algumas passam mais de 2h na fila. É necessário que o Governo do Estado olhe para estes profissionais e chame os seus representantes, para que juntos possam encontrar alternativas para esta situação”, comentou o parlamentar.

Linha de crédito – João Batista aproveitou a oportunidade para apresentar a Indicação nº 7691/2021, voltada para os trabalhadores autônomos da construção civil do Estado, que “mesmo no auge da pandemia”, foi o setor que mais cresceu no país. De acordo com dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o setor da construção civil mantém a expansão mesmo com o aumento dos insumos, como ferro, aço e cimento, que deixaram as obras mais caras.

“São profissionais que utilizam máquinas pesadas no seu trabalho, ferramentas essenciais que são muito caras. É um dos setores que precisa de incentivos e subsídios por parte do Governo do Estado. Somente assim este setor poderá continuar a contribuir para o crescimento de Mato Grosso, gerando empregos e movimentando ainda mais a nossa economia, se mantendo no mercado e competindo até mesmo com as grandes empresas do ramo de construção”, finalizou o parlamentar.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação