The news is by your side.

Criminoso espanca filho por não fazer o almoço e morre após apontar arma falsa para a PM

 

Um homem de 30 anos, identificado como Mackson Viana, morreu na tarde da última segunda-feira (20), após apontar uma arma falsa para policiais militares, no bairro Parque dos Girassóis, em Campo Novo do Parecis (401 quilômetros de Cuiabá). O acusado havia espancado seu filho, de 11 anos, por não ter feito almoço.

Segundo as informações da Polícia Militar, vizinhos ouviram os gritos e acionaram uma equipe para seguir até a casa.

A equipe tentou dialogar com o homem, mas sem sucesso, sendo que ele apontou a arma na direção dos PMs, que revidaram de imediato.

Um dos tiros atingiu o peito do homem, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

A criança foi socorrida com  lesões severas nos braços, pernas e rosto. Testemunhas disseram que as agressões eram constantes. Desta vez, o menor apanhou por não ter feito o almoço.

Durante checagem, verificou-se que o suspeito tem várias passagens de arma de fogo e também por ameaçar arrancar a perna de sua companheira antes de possivelmente matá-la.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação