The news is by your side.

Servidores do TJ passarão a receber R$ 1.430 de auxílio-alimentação

 

 

Desembargadores, juízes e servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso terão um aumento no auxílio-alimentação de 20%, saltando dos atuais R$ 1.150 para R$ 1.430 por mês. O aumento foi oficializado após reunião da desembargadora Maria Helena Póvoas, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), com representantes de sindicatos e associações de servidores do judiciário.

O Tribunal de Justiça alegou que não havia um reajuste no auxílio-alimentação dos servidores, desde o ano de 2018 e que, após estudo técnico, se chegou na porcentagem de reajuste que os servidores receberão.

Se esse valor for dividido em 22 dias úteis de trabalho, cada servidor poderá gastar até R$ 65 por dia com as refeições. Além do auxílio-alimentação, os servidores ainda têm salário e outros benefícios legais.

Ao mesmo tempo, houve o arquivamento de um pedido feito pelo desembargador José Zuquim Nogueira, para que o auxílio-alimentação de todos os servidores e magistrados do Poder Judiciário de Mato Grosso passe a ser de R$ 2,3 mil neste mês. Consta no documento que este aumento de R$ 1.150 seria válido somente para o mês de dezembro.

Segundo a assessoria do TJMT, o pedido do corregedor foi arquivado porque a decisão pelo aumento de 20% já havia sido tomada em conjunto com o sindicato.

Participaram da reunião com a presidência o Sindicato dos Oficiais de Justiça de Mato Grosso (SindoJus), A Associação dos Servidores do Poder Judiciário (ASPOJUD), Associação dos Técnicos Judiciários do Poder Judiciário (ASTEJUD) e Associação dos Analistas Judiciários (ANAJUD).

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação