The news is by your side.

Vereadores derrubam veto e município terá que divulgar obras paradas no site

Da Redação

Os vereadores derrubaram veto total do prefeito ao projeto de lei que obriga a Prefeitura de Cuiabá a colocar informações no site oficial sobre obras públicas paralisadas, os motivos da paralisação, o período da interrupção e a nova data prevista para a conclusão das obras. A proposta é do vereador Wilson Kero Kero.

Também foi derrubado o veto do prefeito e os parlamentares proibiram o uso de logomarcas, slogans ou qualquer outro símbolo em bens públicos que associem, de qualquer forma, a figura do gestor público ou de períodos administrativos.

Ao todo, foram apreciadas 14 matérias, sendo dois vetos, seis projetos em fase única e cinco em segunda votação. Duas propostas foram aprovadas em regime de urgência nas sessões de terça-feira (21).

Em segunda votação, foram aprovadas as leis que torna obrigatória, por parte dos usuários de transporte coletivo, a cedência de qualquer assento aos passageiros com prioridade; a instituição da campanha agosto verde de conscientização do uso saudável das redes sociais e combate ao cyberbullyng e dá outras providências.

Também foi aprovado o projeto de lei que dispõe sobre a nomenclatura da praça localizada no bairro Jardim das Palmeiras, passando a se chamar de praça gastronômica professor Elson Figueiredo, além da denominação de “João Batista Soares de Amorim”, à unidade de Estratégia de Saúde da Família – ESF do bairro Lixeira.

Na sessão ainda foi aprovado em regime de urgência a proposta que dá denominação de Luzia Maggi Scheffer à avenida sem denominação localizada entre a MT 010 e MT 251, no bairro Ribeirão do Lipa.

Todos os projetos de lei serão submetidos à sanção do prefeito Emanuel Pinheiro.

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação