The news is by your side.

Governador descarta novo decreto de calamidade além do congelamento do IPVA

Da Redação

O governador Mauro Mendes não pretende utilizar decreto de calamidade, além do que foi publicado e aprovado pela Assembleia Legislativa a respeito do congelamento do valor do IPVA 2022. O imposto que é atrelado ao valor de mercado do carro, foi mantido nos mesmos patamares de 2021, em razão da supervalorização dos veículos seminovos e usado pela falta de carros 0 km no mercado.

“Em razão da pandemia, o setor automobilístico sofreu com a falta de peças, de chips e o tempo de entrega dos veículos aumentou muito, o que levou a procura de carros usados e por isso resolvemos manter os mesmos valores do IPVA”.

Mesmo o carro valorizando até 30% do valor da tabela Fipe, dependendo do modelo, o Governo de Mato Grosso vai manter a cobrança do imposto no valor antigo do veículo.

Mauro Mendes descartou que enviará novos projetos com calamidade em razão da pandemia, e reforçou que o único caso foi o do IPVA.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação