The news is by your side.

Apple suspende venda de produtos e serviços na Rússia

Da Redação

A Apple anunciou nesta terça-feira (1º) que suspendeu a venda de todos os seus produtos na Rússia, seguindo assim várias empresas que buscam se distanciar de Moscou. A fabricante dos iPhones e Macs explicou que interrompeu as exportações para a Rússia na semana passada e também limitou o acesso a alguns serviços, como sua solução de pagamento Apple Pay. Além disso, os aplicativos dos canais de comunicação estatais russos RT e Sputnik não estão mais disponíveis para download fora da Rússia.

“Estamos profundamente preocupados com a invasão russa da Ucrânia e estamos com todos aqueles que estão sofrendo como resultado da violência”, afirmou a empresa em seu comunicado. O governo da Ucrânia, que exortou seus cidadãos a combater as forças russas, pediu ajuda a todos as instâncias, incluindo o CEO da Apple, Tim Cook. “Apelo a você que pare de fornecer produtos e serviços da Apple à Federação Russa, inclusive bloqueando o acesso à Apple Store!”, escreveu o ministro ucraniano de Assuntos Digitais, Mykhailo Fedorov, em uma mensagem postada no Twitter na sexta-feira.

A Apple também observou que desativou o tráfego e os “eventos ao vivo” no Apple Maps na Ucrânia como medida de segurança para os ucranianos. “Continuaremos a avaliar a situação e estamos em comunicação com os governos pertinentes sobre as ações que estamos tomando. Nos unimos a todos aqueles ao redor do mundo que clamam pela paz”, destacou a empresa.

 

Com informações da AFP

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação