The news is by your side.

Câmara define parlamentares que vão investigar a Águas Cuiabá

Da redação

Os vereadores por Cuiabá decidirão nesta segunda-feira (28), a composição da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar a atuação da concessionária Águas Cuiabá. Os nomes e funções serão definidos em reunião do Colégio de Líderes da Câmara, marcada para as 9h, na sala da Presidência.

O vereador Diego Guimarães (Cidadania) deve ficar na presidência da comissão, já que foi o autor da proposta.

A CPI da Águas Cuiabá foi aceita pela Câmara com 23 assinaturas. O requerimento para iniciar as investigações foi lido e protocolado no Legislativo na última terça-feira (22). Dos 25 parlamentares, apenas os vereadores Juca do Guaraná Filho (MDB) – presidente da Casa – e Rodrigo Arruda e Sá (Cidadania) não assinaram o documento.

No requerimento de abertura da comissão, Diego cita que a concessionária não tem prestado os serviços de maneira satisfatória. Ele relata que Águas Cuiabá utiliza material de má qualidade na reposição da massa asfáltica, nos locais onde são realizadas as obras de implementação da rede de esgoto, que resulta na formação de buracos nas ruas da capital.

Além disso, ele contesta a qualidade da água. No documento, ele cita que “segundo análise de amostras coletadas entre 2018 e 2020, não é adequada para o consumo seguro da população”.

Em nota, a Águas Cuiabá disse que está à disposição do Legislativo municipal para prestar esclarecimentos sobre os apontamentos feitos pelos vereadores. Sobre a qualidade da água, a concessionária comenta que todos os indicadores de qualidade encontram-se dentro dos parâmetros determinados pelo Ministério da Saúde (MS).

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação