The news is by your side.

Quatro bancos brasileiros estão entre os 10 mais rentáveis do mundo

Da Redação

Quatro bancos brasileiros figuram na lista dos 10 grandes bancos com maior rentabilidade sobre o patrimônio (ROE) em 2021. Estudo realizado pela empresa de informações financeiras Economática divulgado nesta segunda-feira (18) ranqueou as instituições brasileiras em 3º, 5ª,7º e 8º lugar, respectivamente.

Dos 39 grandes bancos (com ativos totais acima de US$ 100 bilhões) analisados, os Estados Unidos lideram a lista com 19 bancos, seguido por Brasil, Canadá e Grã-Bretanha, com quatro bancos, cada. O Japão e a Coreia do Sul têm três bancos, a Espanha e a Índia têm dois bancos e outros quatro países possuem uma instituição nesse ranking.

O banco americano Capital One lidera a lista com ROE de 20,4%, seguido pelo também americano Ally Financial (com 19,3%) e pelo Santander Brasil (com 18,9%). Na 4ª colocação está o Royal Bank of Canadá (com 17,3%), seguido pelo Itaú Unibanco (com 17,3%). O JPMorgan está na 6ª colocação, sendo o terceiro banco americano da lista (com 16,9%). Na sequência aparecem Banco do Brasil e Bradesco, com 15,7% e 15,2%, respectivamente.

Ao comparar a evolução da rentabilidade sobre o patrimônio (ROE) dos bancos analisados, o estudo revelou que, de 2010 para 2021, três dos grandes brancos brasileiros, incluindo Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco tiveram uma queda expressiva no ROE, enquanto os bancos americanos Capital One, Ally Financial, JPMorgan, SBV Financial e o braço brasileiro do Santander tiveram uma alta expressiva em relação à 2010.

Evolução da rentabilidade sobre o patrimônio entre bancos brasileiros

A pesquisa apontou que, desde 2016, o Santander Brasil apresenta um crescimento constante, saindo de 9,7% para 18,9% em dezembro 2021, com um recuo de -3,1 pontos percentuais no resultado de 2020 (em relação ao resultado apresentado em 2019), e lidera a lista pelo quarto ano consecutivo. Itaú Unibanco, Banco do Brasil e o Bradesco, que tinham hegemonia nos três primeiros lugares de 2010 até 2017, apresentaram uma tendência geral de queda e não recuperaram a rentabilidade que tinham em 2010 até o resultado apresentado em dezembro de 2021. O Santander Brasil lidera a lista pelo quarto ano consecutivo.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação