The news is by your side.

Brasil é recordista mundial de reciclagem de latas de alumínio

Da Redação

O Brasil é recordista mundial em recolhimento e reciclagem de latas de alumínio. Os números e recordes foram divulgados durante evento do Ministério do Meio Ambiente. Em 2021, 98,7% de todo material comercializado no país foi reaproveitado. Das mais de 414 mil latas vendidas, 409 mil foram reaproveitadas de alguma maneira.

Segundo André França, secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, esse é um sistema que funciona e faz com que outros se inspirem para melhorarem também.

Em 2021, foram poupadas 2 milhões de toneladas de bauxita, mineral utilizado para produção do alumínio, pois para cada um quilo de lata reciclada, são poupados cinco quilos do mineral. Entre 2019 e 2021, a reciclagem proporcionou uma redução de 65% no consumo de água, 70% do consumo de energia e os mesmos 70% de redução nas emissões de gases do efeito estufa.

No Brasil, mais de 800 mil catadores são beneficiados com o programa de reciclagem de latas de alumínio, gerando renda de mais de R$ 5 bilhões anuais. O país conta com 36 centros de coleta que atendem todo o território nacional, que garantem o destino correto para os materiais.

O governo federal assinou um acordo, em 2020, com a Associação Brasileira do Alumínio (Abal) e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de alumínio (Abralatas) que determinou que as indústrias de reciclagem façam a compra do material coletado a preço de mercado. Além da criação de uma entidade gestora, o que proporcionou o lançamento do programa Cada Lata Conta, resultando em diversos benefícios para os catadores do material e para o setor.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação