The news is by your side.

Polícia prende homem que mutilou clitóris da esposa e fugiu com a filha bebê

Da redação

Equipe da Polícia Civil prendeu na madrugada desta quinta-feira (19), José Odair Ildefonso Ribeiro, 42, o ‘Negão das Duas’, acusado de agredir, torturar e tentar matar a companheira de 21 anos. Ele estava foragido desde o dia 14, quando saiu de casa levando a filha de 9 meses. O crime contra a esposa foi cruel, ele mutilou o órgão sexual dela.

Conforme as informações divulgadas, ele estava escondido em barraco, no meio da mata, que fica 260 km de Colniza. Com ele, estavam a bebê de 9 meses, além de duas crianças, que são filhas dele com a irmã da vítima. Uma pessoas que deu apoio à fuga também foi presa.

Sem qualquer estrutura, a barraca era de lona, escura, o que expôs as crianças a perigo e insalubridade. O delegado Bruno França destaca o empenho da equipe nas buscas pelo autor do crime bárbaro.

“Nossos policiais fizeram inúmeras diligências para localizar o foragido que cometeu esses crimes brutais contra sua companheira e conseguimos, enfim, cumprir a prisão e resgatar a criança”.

O caso

O registro da violência doméstica começou na sexta-feira (13) Uma testemunha contou à polícia que na Comunidade do Taquaruçu, o suspeito bateu na jovem, depois tentou atirar contra ela. Já no sábado (14), equipes da Polícia Civil foram até o local e encontraram a vítima bastante ferida.

Ela confirmou que foi agredida pelo marido, que também mantém um relacionamento com a irmã dela, de 23 anos. Polícia a encontrou com lesões no rosto, dentes quebrados e estava bastante debilitada. Na casa, foi achada ainda uma espingarda calibre 32.

A vítima lembrou que durante as agressões, ele tentou atirar nela, mas a arma falhou. Ele jogou a espingarda no chão, quebrando a coronha. Ela foi acolhida e levada para uma unidade de saúde.

Durante o atendimento com a enfermeira da unidade, foi descoberto que a vítima teve seu órgão genital mutilado pelo agressor. Segundo a vítima, ele usou uma faca cega e cortou seu clitóris.

O corte está com alto grau de infecção e ela foi transferida para o Hospital Regional, onde recebeu mais cuidados. A irmã da vítima disse que a ‘irmã traiu a família’.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação