The news is by your side.

Programa de saúde domiciliar de Cuiabá é escolhido para participar de Projeto Piloto do Ministério da Saúde

Da Redação

Cuiabá foi um dos municípios escolhidos para a aplicação do Projeto Piloto – Instrumento de Elegibilidade Nacional para análise do perfil dos pacientes atendidos pelo Programa Melhor em Casa. O programa oferece atendimento em saúde no âmbito domiciliar a pacientes acamados e/ou domiciliados que possuam elegibilidade, seja por alguma limitação ou condição de saúde que o impeça de se deslocar até uma unidade de saúde. Também pacientes hospitalizados que estejam estáveis para receber este atendimento com a mesma segurança do ambiente hospitalar no conforto do seu lar.

De acordo com a coordenadora do Programa Melhor em Casa, Joelma Toledo, o Projeto Piloto que será implantado pelo Ministério da Saúde vai reorganizar os critérios para a elegibilidade dos pacientes, para que seja padronizado em todo o território nacional. “Apesar do Programa ter sido criado pelo Governo Federal em 2011, ainda não há uma Portaria que especifique os critérios e esse Projeto veio para fazer essa normatização”, comentou Joelma.

O Projeto Piloto será aplicado em 10 pacientes novos indicados para o Programa Melhor em Casa, a título de teste. Durante o tempo de duração do teste, que deverá ser realizado em no máximo 30 dias, haverá um trio de profissionais qualificados disponíveis on line em todo o tempo pelo Ministério da Saúde dando suporte aos colaboradores do Melhor em Casa. De acordo com o cronograma do Projeto, ele será finalizado no mês de outubro, quando acontecerá a apresentação da proposta final, validação e publicação.

Em Cuiabá, atualmente 170 pessoas são assistidas pelo Programa Melhor em Casa, que é realizado pela Equipe Multidisciplinar de Atendimento Domiciliar – EMAD e Equipe Multidisciplinar de Apoio – EMAP. A EMAD é formada por médico, enfermeiro, fisioterapeuta, técnico de enfermagem e motorista e a EMAP consiste em farmacêutico, nutricionista, psicólogo e assistente social. “O Programa Melhor em Casa é desenvolvido em Cuiabá com 6 EMAD e 2 EMAP, com excelentes resultados entre os nossos pacientes. Para nós é uma felicidade e uma honra sermos escolhidos para a implantação deste Projeto Piloto, pois só demonstra que estamos realizando bem o nosso trabalho e que estamos no caminho certo”, finalizou a coordenadora.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação