The news is by your side.

Flórida proíbe ideologia de gênero nas escolas

Da Redação

O governador da Flória, Ron de Santis, assinou nesta sexta-feira (25) o projeto de lei que proibe o ensino da ideologia de gênero nas escolas, depois do texto receber sinal verde da Câmara de Representantes e do Senado do Estado.

Em linhas gerais, o texto propõe que o ensino a respeito da orientação sexual e identidade de gênero seja limitado nos colégios. Além disso, autoriza que pais processem instituições que se debrucem sobre esses tópicos.

“O projeto de lei que assinei oferece proteção aos pais, garantindo a transparência curricular nas escolas”. “Na Flórida, estamos capacitando os pais”, escreveu Ron de Santis, no Twitter.

Segundo o deputado republicano Joe Harding, um dos apoiadores da proposta, a Parental Rights in Education Bill daria aos pais mais autonomia para tratar dessas questões sem a interferência da escola. Segundo ele, a lei vai inibir, por exemplo, que crianças pequenas sejam questionadas sobre seu gênero, o que pode ser uma experiência confusa para as crianças. Ainda conforme o projeto, os pais deverão ser informados caso a criança busque serviços de saúde ou orientação sobre assuntos de gênero ou apresente mudança de comportamento. No caso de descumprimento dessas normas, as escolas poderão ser até processadas pelos pais por danos morais.

Organizações de esquerda atacaram o projeto contra a ideologia de gênero, apelidando-o de “Don’t say Gay” (não diga gay). Com popularidade em queda, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que o projeto é “odioso”.

Segundo o democrata, o texto vai impactar negativamente a vida das crianças.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação